Falar inglês e o Efeito Platô




Aprender qualquer habilidade é difícil, é como se fosse uma dança contínua...

Mas não aprendemos de maneira regular ou metódica. O aprendizado ocorre como surtos. Saltos repentinos na habilidade são intercalados com momentos de estagnação ou platôs nos quais parece que nada acontece.

Obviamente gostamos muito das melhorias rápidas e ficamos frustrados durante os momentos de “platôs” ou estagnação. É fácil entender o porquê. Estávamos trabalhando duro. Estávamos progredindo rapidamente. E então, de repente, todo o progresso parece parar repentinamente.

E por mais que continuamos trabalhando duro. Continuamos ouvindo e lendo diariamente. Continuamos revisando. Podemos até aumentar o tempo e a energia que dedicamos ao aprendizado do idioma. No entanto, nada parece acontecer.

Nesses momentos, é fácil entrar em pânico. Começamos a ter pensamentos malucos como "eu nunca vou aprender inglês", "eu não estou aprendendo mais", "isso é impossível".
Se você se concentrar nesses sentimentos, pode começar a perder a motivação ou ficar frustrado e deprimido e se convencer de que nunca mais fará bons progressos.



Durante esses momentos, é importante perceber que esse fenômeno é natural e universal. Isso se aplica ao aprendizado de QUALQUER habilidade - não apenas ao aprendizado de idiomas. Os atletas experimentam os mesmos ciclos de rápido progresso e estagnação. Às vezes, sua força, habilidade e resistência melhoram rapidamente. Em outros momentos, eles treinam intensamente, mas fazem apenas um pouco de progresso. Os atletas devem lidar com as mesmas frustrações que os alunos de idiomas enfrentam.

O que devemos perceber é que os platôs são naturais e necessários. De fato, muitos psicólogos acreditam que os “platôs” são momentos onde o aprendizado está ocorrendo de forma real. Enquanto você parece não progredir, seu cérebro está de fato processando todas as novas informações, criando novas redes neurais, vinculando informações e aprendendo a acessá-las e usá-las.

Parece que a fala no idioma não está melhorando, mas dentro do seu cérebro estão acontecendo mudanças dramáticas. Depois que essas alterações são concluídas, você "de repente" faz um rápido progresso novamente.

Em outras palavras, o que você faz durante os platôs determina quanto e com que rapidez você melhora durante os saltos de aprendizado.



Isso está relacionado a outra experiência comum que a maioria dos pesquisadores e aprendizes de línguas reconhece -

o entendimento do idioma geralmente parece ser mais avançado do que a habilidade de falar o idioma.

Por exemplo, você deve ouvir e entender uma palavra várias vezes antes de poder usá-la corretamente na fala. Muitos alunos reclamam disso. Eles ficam frustrados por entenderem palavras ou frases, mas lutam para usá-las quando tentam falar.

Nativos de inglês não são diferentes. Muitas pesquisas mostram que, com falantes nativos, a capacidade de ouvir / entender está geralmente cerca de um ano à frente da capacidade de falar ou escrever.

Em outras palavras, todo o progresso que você está fazendo agora, ouvindo, lendo e revisando, não aparecerá no seu discurso tão rápido quanto gostaria. Com a fala, geralmente temos um longo platô. Deveras existe um atraso entre aprender um novo idioma e realmente usá-lo em conversas.

Não há muito que você possa fazer sobre isso. Contudo, com prática intensa você pode reduzir os platôs. Mas a melhor atitude é aceitá-los. Perceba que eles são úteis. Perceba que, embora você sinta que não está melhorando, na verdade seu cérebro está trabalhando duro.


Você não corre 16 quilômetros por dia e espera ser mais rápido e mais forte no dia seguinte. Leva tempo para o corpo se adaptar, mudar e crescer.

Dessa forma, devemos desenvolver a atitude dos atletas profissionais. Devemos perceber que os benefícios do treinamento estão sempre atrasados.

O mesmo vale para o cérebro.

Então ... mesmo quando você sentir que nada está acontecendo - continue ouvindo, continue lendo e mantenha sua motivação. Divirta-se. Leia e ouça conteúdo que lhe seja interessante mas principalmente que goste!

Concentre-se mais na comunicação e no conteúdo fascinante do que na obsessão pelo seu progresso.

Se você continuar a ouvir e ler repetidamente e de forma consistente, seu progresso será garantido automaticamente.

Então relaxe e aproveite a dança!  


Take Care Everybody

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Principais erros no aprendizado do inglês

Motivação, Comprometimento, Sistematização